" border="0" /> " border="0" />

Selinho de Destaque


Free JavaScripts provided
by The JavaScript Source

19 agosto, 2010

Luto

Bom, meus amores, não poderia deixar de explicar minha ausência durante esta semana, em um post anterior que se tratava de emergência cardíaca, eu dizia algo sobre os primeiros procedimentos.
Então hoje estou aqui novamente, mas não apenas para alertar, mas sim, compartilhar mais essa experiência, com vocês, amigos e leitores.
Há cerca de 5 meses atrás, meu pai foi internado as pressas, foi para a UTI sem perspectiva de vida nenhuma, Mas quando Deus tem um propósito na vida da pessoa, nem mesmo todo o inferno pode impedir o agir d' Ele.
Passado este tempo, com ele já em casa, foi a igreja e ali quebrantado pelo Espírito Santo, foi se rendendo ao Senhor.
Nesta ultima quinta-feira, em casa ainda, ele passou mal, prestei os primeiros socorros e fui ao hospital, el ainda conversava, parecia que não estava acontecendo nada, seus batimentos a 180 e 190 por minutos, parecia não querer estabilizar, embora o médico tentasse de tudo.
Por volta das 2 horas da manhã, com os batimentos já em torno de 40 á 50 por minuto, ele tenta se levantar para ir ao banheiro, quando seu coração parece dar sinais de infarte.
Corremos para outra sala, a de emergência cardíaca, o médico fazendo tudo quanto era possível, entrei na sala e vi, ele com muitas dores, clamava a Deus dizendo:
-Senhor, tu veio me buscar?
-Senhor chegou minha hora?
-Deus e essa dor?
-Doutor, por favor, me dá um remédio para dor, me dá agua, me dá álcool para cheirar.
E eu. ali, clamava ao Deus todo Poderoso:
-Deus, cobre com o teu Sangue, livra-o...
Eu disse ao meu pai:
-Segura na mão de Jesus!!
Saí da sala, para atender ao celular(Pois podia ser meu irmão) e a minha irmã que estava comigo entrou.
Foram momentos de muita dor e sofrimento!
Chegou a ambulância cardíaca, para removê lo  para Santos, ficaram ainda um bom tempo, tempo este que era interminável...
Ás 3:15 da manhã ele foi à óbito!!!
Meu mundo ali desabou! Entrei novamente, fiquei ao lado daquele corpo que aprendi a amar, daquele homem, que abaixo de Deus era meu porto seguro, meu tudo, naquele momento me senti órfã e desamparada, perguntava à Deus: Por quê???
Porque Deus o levou para p descanso, onde todos que partem com Cristo estão, aguardando o dia do Julgamento.
Porque ele estava sofrendo, se sentindo limitado e dependência das filhas para ajudá-lo.Porque ele era amado de Deus.
E no seu velório puder perceber a Glória de Deus!Aquela feição que outrora vi, logo após ao óbito, deu espaço a uma imagem serena e calma, era como se ele estivesse dormindo, ali, com um sorriso nos lábios.
Hoje tenho mais ainda a convicção de que Deus está no controle, Ele estendeu a sua vida por 5 meses para que ele fosse salvo, para que ele desfrutasse do amor do Pai Celestial.
Deixo aqui, esta experiência, espero em Deus, que te edifique pois :Todas as coisas colaboram para o bem daqueles que amam a Deus!! 
Espero que em breve, eu volte a blogar, pois agora tenho outra missão: Cuidar de minha mãe, ampará-la e ajudar a estrutuar meus irmãos.
Conto com a oração de todos nesta etapa!E que Deus me ajude!!
Um beijo carinhoso no coração de cada um, e que a paz de Cristo esteja com vocês!!!

Ponto G

 PONTO “G” FEMININO

O Ponto G foi identificado na década de 1950 pelo médico alemão Dr. Ernst Gräfenberg
e é uma concentração de terminações nervosas, vasos sangüíneos e glândulas que se concentram em torno da uretra. O ponto é especialmente sensível à pressão e, quando estimulado pode proporcionar orgasmos intensos.
Esta zona erógena não pode ser facilmente identificada como estando numa distância determinada do canal vaginal, pois seu comprimento varia sobremaneira de mulher para mulher. Seria o mesmo que afirmar que todo o pênis humano mede 25cm. Talvez por isso certas pessoas digam que o Ponto G não exista apesar de existirem relatos científicos que comprovem sua fatualidade. A verdade é que o ponto G só existe para 33% das mulheres, para as restantes este ponto simplesmente não é a zona mais sensível.

COMO ENCONTRAR O PONTO G - Em primeiro lugar a mulher deve estar bem relaxada para que as paredes vaginais fiquem muito bem lubrificadas, isso fará com que o ponto G fique inchado, cheio de sangue e portanto mais sensível e proeminente. O ponto poderá então ser identificado como uma pequena saliência enrugada, quase sempre com o diâmetro semelhante ao de uma moeda de 5 centavos, localizada embaixo do osso púbico, na parede frontal interna da vagina. Com a mulher deitada de frente poder-se-á penetrá-la com o dedo médio e a palma da mão virada para cima: A ponta do seu dedo deverá então estar tocando o Ponto G, onde sentirá ser uma área mais rugosa ou áspera que o normal, podendo vir a ser duro também devido à excitação feminina.

OBS: NÃO É O CLÍTORIS, OU CLITÓRIS - O clítoris localiza-se na parte superior dos pequenos lábios (labia minora), logo acima da uretra. É preenchido internamente por gordura e tecido muscular. Por fora, é revestido por uma epiderme muito fina. O ápice do clítoris é bulboso, chamado de glande (glans clitoridis, em alusão à glande do pênis dos homens), onde encontram-se a maior parte dos terminais nervosos responsáveis pela sensação de prazer. 


Me mande um email!

Me mande um email!
ira-espacomulher@hotmail.com

Arquivos

Minha lista de blogs

Recadinho!!!

MSN