" border="0" /> " border="0" />

Selinho de Destaque


Free JavaScripts provided
by The JavaScript Source

05 junho, 2010

Jantar Romântico



JANTAR ROMÂNTICO:

O dia dos namorados se aproxima, e com ele surge várias idéias para transformar esse dia numa noite inesquecível.
Que tal quando seu namorado ou marido chegar encontrar um jantar romântico?

Começaremos pelo ambiente:

Tire toda a bagunça da casa, organize-a da melhor maneira possível, pois não e nada agradável ver um ambiente desorganizado.
Depois de tudo limpo e perfumado é hora de organizar a mesa:

A mesa:

Escolha uma toalha de mesa bonita, coloque flores pequenas no canto da mesa, arrume alguns castiçais e coloque as velas, lembre-se que elas devem ser altas, para dar um visual melhor.
Rosas vermelhas é sempre fundamental, uma vez que elas significam paixão! Espalhe flores e velas pelo ambiente.
Separe aquela louça que você não usa faz tempo e aproveite a ocasião.

Aromas para o ambiente:

Quando o seu amor chegar em casa ele logo vai sentir no ar o cheiro do jantar, logo após mude o aroma para um mais suave, afinal o clima pede algo assim, use sprays de bom ar ou espalhe velas aromáticas pelo cômodo da casa.

Prepare uma refeição especial:

Se você não sabe cozinhar, busque receitas fáceis em revistas ou mesmo na internet, o importante é você fazer com amor.
Capriche na decoração dos pratos, primeiro o que nos chama a atenção em prato é o colorido, a aparência.
Aqui estão algumas sugestões de pratos:
Massas;
Frutos do mar;
Prato típíco de um país .

Bebidas:
 

Fica a gosto, pode ser um bom vinho ou champagne.


No decorrer da semana darei mais algumas dicas!!!
Boa Sorte!!

02 junho, 2010

Como melhorar o sexo no casamento



Geralmente, artigos de revistas sobre como melhorar a vida sexual (em especial no casamento ou em um relacionamento longo) possuem os mesmos conselhos: velas, banhos quentes, músicas suaves e coisas do tipo. Porém, tais generalizações que definem o que é uma boa vida sexual nem sempre se aplicam na vida real. Na verdade, elas podem acabar se transformando em obstáculos, caso velas te lembrem velório ou músicas suaves te lembrem consultórios médicos, por exemplo.
Então, como recuperar a paixão no relacionamento quando você sente que ela está diminuindo, sem recorrer a práticas que podem não dar certo? Leia as dicas a seguir e descubra!

O que é melhor: sexo previsível ou cheio de novidades?

Ao lidar com pessoas que já foram casadas ou estiveram em relacionamentos longos, a terapeuta sexual Louanne Cole Weston, membro da Society for the Scientific Study of Sexuality e da American Association of Marriage and Family Therapists, constatou que elas sentem como se conhecessem todas as pintas, manchas e partes do corpo de suas ou seus parceiros.
"Para algumas pessoas, o sexo previsível é muito emocionante", afirma Weston.
Ela acrescenta que você precisa descobrir se prefere surpresas ou situações previsíveis. Se você gosta de surpresas, pedir para que a sua ou o seu parceiro te surpreenda é um bom primeiro passo. Se você gosta de situações previsíveis, mas há algo previsivelmente ruim ou neutro na sua vida sexual, faça pequenas alterações para que ela melhore.

Passar muito tempo junto esfria a paixão de um relacionamento?

A intimidade é muito importante em um relacionamento. Mas isso não significa que vocês precisem passar o tempo inteiro juntos. Cuide da sua vida, do seu trabalho e do seu lazer, independente de a sua ou seu parceiro gostar de coisas diferentes. Existe uma linha tênue entre cuidar um do outro e sufocar um ao outro.
Para Esther Perel, terapeuta licenciada em casamento e família que atua em Manhattan, passar um tempo separado é a condição prévia da ligação. "Quando intimidade acaba em fusão, muita proximidade impede o aparecimento do desejo", acredita.
Ela acrescenta que um casal não precisa se falar dez vezes ao dia por telefone e que perguntas detalhadas sobre acontecimentos irrelevantes podem ser evitadas. "Estas perguntas transformam intimidade em vigilância", conclui.

O tempo é a causa da falta de desejo?

Às vezes, a falta de desejo pode significar algo mais. O psiquiatra Mark Epstein afirma que sentimentos não expressos ou desconhecidos podem atrapalhar a vida sexual de um casal.
Na maioria das vezes, segundo Epstein, a falta de atração deriva da raiva, de mágoas e chateações. Ele afirma que as pessoas precisam ser capazes de experimentar e lidar com sentimentos conflitantes e estarem dispostas a baixar a guarda e perdoar o outro.

Em vez de antecipação, prefira a espontaneidade!

Não há nada errado em planejar  as relações sexuais. Pensar nelas antes que aconteçam pode ser como saber o que vai comer em um bom restaurante antes de chegar nele: só aumenta o apetite.
Porém, procure resgatar a espontaneidade do início do relacionamento. Fazer sexo em horários diferentes do habitual ou em locais inusitados, por exemplo, pode renovar a paixão do seu relacionamento.

Redescubra o que excita a pessoa que está com você!

Em seu trabalho com jovens, Weston verificou que as pessoas nem sempre sabem o que gera excitação sexual em seus companheiros de longo prazo. Ás vezes, por falta de diálogo, as pessoas deixam de fazer coisas que gostariam ou passam por situações que não as agradam.
E, baseadas em algo que a outra pessoa disse há anos, o casal fecha as porta da experimentação por causa de um simples comentário. Porém, muita coisa pode acontecer com o passar dos anos, assim como a opinião e as vontades da pessoa pode mudar.

Fonte:Banco de Saúde



Problemas na tireóide:


Como anda a tiróide?


A tireóide é uma glândula que fica no pescoço, logo abaixo da saliência popularmente conhecida como "pomo-de-adão". Ela produz duas hormonas muito importantes para o organismo: o T3 e o T4. Essas hormonas controlam o funcionamento de diversos órgãos e, por isso, interferem diretamente em processos como crescimento, ciclo mentrual, fertilidade, sono, raciocínio, memória, temperatura do corpo, batimentos cardíacos, eliminação de líquidos, funcionamento intestinal, força muscular e controlo do peso corporal.
Hipotireoidismo

Eventualmente, a tireóide pode sofrer problemas que a fazem produzir hormonas em excesso (hipertireoidismo) ou em quantidade insuficiente (hipotireoidismo). Esses problemas são facilmente reconhecidos, porque o hipertireoidismo acelera todas as funções do corpo, enquanto o hipotireoidismo, ao contrário, deixa tudo lento.
Dados mundiais indicam que o hipotireoidismo atinge 11% da população, sendo 80% mulheres a partir dos 35 anos. No entanto, muitos casos ficam sem diagnóstico, porque os sintomas nem sempre são reconhecidos. Sem o tratamento adequado, as doenças da tireóide afetam o coração, os ossos, alteram as gorduras no sangue e causam danos.

Sintomas

.Cansaço, apatia e desânimo
.Hipersensibilidade ao frio
.Falha na memória
.Sono excessivo
.Pele seca e queda de cabelo
.Obstipação
.Perdar de apetite
.Ganho de peso e retenção de líquidos
.Aumento de colesterol
.Tornozelo inchado e dores musculares
.Unhas quebradiças
.Períodos menstruais irregulares
.Diminuição do desejo sexual

Probabilidade de desenvolver o hipotireoidismo

A doença afeta pessoas de ambos os sexos e de todas as idades. Entretanto, certos grupos são mais vulneráveis:
.Mulheres, especialmetne acima dos 40 anos, em período pós-parto
.Pacientes em radioterapia de cabeça e pescoço
.Pessoas que já tiveram problemas de tireóide
.Usuários de lítio ou amiodarona
.Homens acima dos 65 anos
.Pessoas com histórico familiar de diabetes
.Portadores de tireoidite de Hashimoto ou Lupus

Complicações do hipotireoidismo

Quando o hipotireoidismo não é diagnosticado a tempo, ou quando não é tratado adequadamente, pode levar a sérias complicações. Outros órgãos são afetados, levando a complicações como: Insuficiência cardíaca, Dislipidemia, Coronariopatia, Hipertensão arterial, Glaucoma, Anemias, Disfunções respiratórias, Retardo mental, Surdez e Deficiência no crescimento em recém-nascidos com hipotireoidismo, Desordens gastrointestinais, neurológicas, endócrinas e renais.

Diagnóstico

As difunções tireoidianas podem ser diagnosticadas com um simples exame de sangue para dosar o TSH (hormona estimulante da tireóide). Quando o profissional de saúde achar necessário, ele pode pedir também a dosagem da quantidade das hormonas tireoidianas no sangue (T3 ou T4).
Alguns recém-nascidos apresentam disfunções ou ausência da glândula: o diagnóstico é feito pelo exame de rotina conhecido como "teste do pezinho". Essas crianças devem começar o tratamento imediatamente após o diagnóstico.

Tratamento 

O tratamento escolhido depende da avaliação das causas, por isso é individual. O mais comum é a reposição hormonal. Antes de iniciar a reposição, deverá ser feito exames para saber qual é a dosagem correta da hormona que  deverá ser administrada.
A hormona sintética da tireóide usado no tratamento é chamado de levotiroxina sódica. A levotiroxina funciona no organismo exatamente como a hormona natural da tireóide.
Devem ser feitos exames clínicos e laboratoriais periódicos para manter ou ajustar a dose.

Cuidados nutricionais - Devemos nos ater apenas ao teor de iodo ingerido em alguns casos de hipotireoidismo, e para a sua prevenção. Em qualquer tipo de hipotireoidismo não é indicada a restrição de nenhum alimento. As crucíferas (brócolis, couve-flor, mostarda, repolho, couve) e a soja não devem ser retiradas do cardápio. Importante é estar atento ao teor de iodo que se ingere.
É engano imaginar que o hipotireoidismo seja responsável pelo ganho de peso, porque costuma-se ter pouca fome quando existe menor produção das hormonas tireoidianas.

Prevenção

Infelizmente, não há uma prevenção primária específica. Entretanto, pode-se tomar algumas precauções para evitar a doença:
Fazer exercícios físicos regularmente.
Ingerir sal iodado regularmente.
Fazer exames de sangue T3, T4 e TSH regularmente.
Adotar uma dieta alimentar equilibrada.
Evitar o cigarro.
 

Mais um mimo!

O dia dos Namorados está chegando, vejam o mimo que recebi da amiga Márcia:







Muito fofo!!!Aproveitem e dêem uma passadinha por lá!

Muito obrigado amiga pela amizade!Deus te abençoe hoje e sempre!

01 junho, 2010

Me mande um email!

Me mande um email!
ira-espacomulher@hotmail.com

Arquivos

Minha lista de blogs

Recadinho!!!

MSN