" border="0" /> " border="0" />

Selinho de Destaque


Free JavaScripts provided
by The JavaScript Source

06 junho, 2010

Aprender a viver para sobreviver

Aprender a viver para sobreviver.


Não, eu não aprovo o egoísmo e não o pratico (pelo menos não propositalmente), mas quero que você tente entender que a SUA VIDA é a coisa mais importante no momento. 
Vivemos com e pelas pessoas que amamos, nos preocupamos com sua felicidade e bem estar, mas a nossa principal responsabilidade é SER FELIZ.
Jesus veio para nos dar a tal “vida em abundância”(João 10:10), mas o qual será o amplo significado dessa promessa?
Não se trata de ter ausência de problemas porque isso nunca foi promessa Dele, mas sim, aprender a viver o melhor possível através dos problemas, com boa qualidade de vida aqui na Terra.
Tenho visto muito crente convicto de Cristo que vive tão pra baixo, mas tão pra baixo, que nem dá vontade de ser crente!
Foge deles o testemunho da esperança que a “grande nuvem” quer ver em nós e uma fé assim, ninguém quer imitar.
“Oh, céu…oh, vida…oh, azar…isso só acontece comigo…é só luta.”




Ô, meu filho, sai dessa!
Você que é assim, que nem Kodak (revela só o negativo – essa é velha demaissssss), que tem uma linguagem viciada na reclamação, em achar que tudo difícil, que tudo conspira contra você, que não aguenta passar lutas sem bambear e quaaaaaaase desistir, 
SE QUESTIONE:
***A palavra não tem se cumprido?
***Deus deixou de te ouvir?
***Existe um complô nas bancadas do inferno contra sua pessoa?
***O diabo é sujo? O inimigo se levanta?

OU SERÁ QUE VOCÊ E EU NÃO ESTAMOS FALTOS (não fartos) DE SABEDORIA PARA DESFRUTAR A VIDA?

Como você tem lidado com seus problemas diários, suas frustrações, suas perdas, seus fracassos? (e não adianta amarrar em nome de Jesus porque você só não tem nada disso se estiver morto).

Nem tudo se resolve só com oração, nem todas as questões dessa vida se transformarão em experiências miraculosas depois da sua conversão…não.
Quando eu era mais ignorante que agora, não admitia que o crente tivesse determinados sentimentos ou pudesse passar por certas tribulações. 
“Espiritualizava” as coisas um pouco demais e Deus permitiu que eu passasse por muitas provas para que entendesse.
Pra mim 2+2 era 4 e pronto.
Doença era tudo do diabo, tristeza era opressão, medo era demônio e tudo o que representasse um problema para mim era imediatamente rejeitado como vindo do inferno. 
Eu nem parava para ouvir a orientação do Senhor sobre aquilo.
Não…eu não. Entrava com tudo na oração, sem sabedoria, sem buscar saber “para que”.
Então me lembrei de uma coisinha bem básica:QUE CONTINUAVA A SER HUMANA e nessa condição, ainda atravessaria muitos vales. 
Foi aí, de volta à estaca zero, depois de 500 anos de Igreja, que me humilhei e me dispus a aprender.


Descobri um montão de coisas:
***Que cada luta – seja pela guerra espiritual ou pela soberania de Deus, são permitidas para me aperfeiçoar.
***Que a vida é feita de fases e que é lícito chorar.
***Que as perdas e as decepções são colaboradoras da obra de Deus em mim.
***Que nem toda doença é complô do inferno.
***Que posso sentir medo sem estar “demonizada”.
Etc…etc…etc…
Deixei de me sentir tão exausta por ter carregado o peso da perfeição tanto tempo.
Foi assim que aprendi melhor o que é descansar em Deus, sentir mais leveza para viver, cuidar mais de mim, achar prazer na tranqüilidade, passar por cada barreira sem ficar frustrada com a minha fé.

Aprendi a descomplicar mais, compreender melhor as falhas alheias, enxergar cada deserto com outros olhos e, por fim, viver mais livre.

Vida em abundância é promessa, mas saber mantê-la e aprender a desfrutá-la é responsabilidade nossa.


Que tal parar de trazer para si o peso de problemas que nem são seus?


Que tal não colecionar reservas, raivinhas e mágoas de pessoas por influência de um amigo ou por pequenos motivos?

E o que você diz de preservar mais a sua paz, parar de perdê-la fácil, fácil por causa de ignorância dos outros?


Pense em não se comportar mais como uma esponja que fica absorvendo coisas tão pequenas que amarguram o coração.

Faça menos tempestade em copo d’água, não aceite ficar irritado porque alguém está irritado, busque sabedoria para cuidar da sua vida, seus pensamentos, seu coração e seus sentimentos como os bens mais preciosos.
É…eu disse que não aprovo o egoísmo, mas se isso for egoísmo, é a dose necessária para viver melhor. 



Visitem este blog !!!





6 comentários:

  1. Boa Tardeeeeeee!
    Obrigada por me oferecer
    esse lindo Selinho:)

    Beijos fica com Deus!

    ResponderExcluir
  2. Também vim agradecer pelo selo,embora aqui onde moro o dia dos namorados se comemora em Fevereiro,já passou,mas a festa pra quem ama vale em qualquer data não é mesmo?
    Abraços da Itália,Bergilde

    ResponderExcluir
  3. Oi Ira,te ofereço o selo Mulheres Fabulosas.Passa lá no meu blog para pegar.Boa semana e bjim

    ResponderExcluir
  4. Bom Diaaaaaaaaaaaaaaaa!
    Vim te desejar um belo
    início de Semana e também
    te oferecer 2 Selinho's que
    fiz com carinho:)
    Espero que goste!

    Beijoss fica com Deus!

    ResponderExcluir
  5. Penso que viver reclamando da vida não nos leva a nada, o melhoré viver um dia de cada vez e ser feliz, ou pelo menos tentar ser feliz e assim tudo fica mais fácil. bjos

    ResponderExcluir
  6. olá amiga querida! 1º, 1000 desculpas pela demora em cá vir ... não fique chateada comigo miguxa, mas tenho andado com muita coisa pra fazer e ainda pra mais meio tristinha... mas, quando li o seu comentário, fiquei muito muito agradecida por ter conhecido vc, e grata por ter sua amizade! obrigada pelo carinho deixado! Fiquei +animadita :)bjinhos e boa semaninha!
    Joana Neves
    http://joana-neves.blogspot.com

    ResponderExcluir

...Já comentaram! Mas falta você, meu anjo!

Me mande um email!

Me mande um email!
ira-espacomulher@hotmail.com

Arquivos

Minha lista de blogs

Recadinho!!!

MSN